mini logo
Comparar Celular: Compare Smarthphones Lado a Lado

Comparar Celular: Compare Smarthphones Lado a Lado

Quer encontrar o melhor celular pelo menor preço? Nossa ferramenta permite comparar celular lado a lado em uma série de especificações e recursos técnicos como sistema operacional, tamanho, bateria, câmera, memória e preço. Para isso, digite o nome ou a marca do dispositivo no comparador de celular 1 e selecione o aparelho desejado. Repita o processo no comparador 2. Simples assim!

Encontrar o smartphone ideal que melhor atenda às suas necessidades nem sempre é fácil. Existem muitos critérios a serem considerados antes de fazer uma escolha.

É uma busca estressante, especialmente porque os preços estão lá em cima, você precisa saber exatamente o que procurar para não gastar todo o seu orçamento.

Para facilitar sua vida, siga estas dicas simples em nosso guia de compra com o resumo daquilo que realmente importa na hora de comprar o aparelho que vai ser ideal para as suas necessidades de uso sem gastar muito.

Resumo

Comparar Celular: 7 Dicas Antes de Comprar

  1. Iphone ou Android?:

    “Celulares Iphone são mais fáceis de usar; já o Android oferece mais opções. Se você está dividido entre o Iphone ou Android, opte por um iPhone se quiser algo que seja fácil de usar. O Android é melhor se você quiser mais opções de modelos e preço mais baixo.”

  2. Não dê muita importância aos megapixels da câmera.:

    “Preste atenção às especificações técnicas, como a abertura (números menores são melhores) e recursos especiais, como lentes duplas e estabilização ótica de imagem, zoom.”

  3. O processador importa menos do que antes:

    “Mesmo os telefones de médio porte agora oferecem desempenho suficientemente bom para a maioria dos usuários. Mas se você quiser mais poder para jogos e realidade aumentada, aí terá de comprar o que há de mais avançado.”

  4. Não se contente com um smartphone que dure menos de 10 horas:

    “Fatores como tamanho da tela, processador e sistema operacional determinam quanto tempo um smartphone dura com uma carga. Procure uma bateria de celular com pelo menos 3.000 mAh se quiser a melhor chance de vida longa da bateria.”

  5. Compre um celular com pelo menos 32 GB de armazenamento:

    “Celulares com 16 GB devem ser evitados, mesmo que sejam modelos econômicos. Opte por, pelo menos, 32 GB para poder armazenar mais jogos, fotos e vídeos. 64 GB é o novo padrão da indústria.”

  6. Escolha o tamanho de tela correto:

    “Compre um telefone com tela menor que 5,5 polegadas se o uso com uma das mãos for importante para você ou se você tiver mãos menores. Tela maior se você gosta de assistir a muitos vídeos, jogar games.”

  7. Qualidade da cor e o brilho são mais importantes do que a resolução:

    ” É bom ter uma tela de resolução 4K, mas é meio exagero. Preste mais atenção no brilho da tela, para que seja fácil vê-la em locais abertos e na capacidade de cores. Prefira telas OLED em vez de LCD, com um bom espectro de cores exibidas (DCI-P3 ou Adobe RGB, se possível)”

Como Comprar o Melhor Celular?

Antes mesmo de começar a comparar celular você precisa responder à essas perguntas:

  • Qual é o preço máximo que posso pagar no meu telefone?
  • Qual é o tamanho máximo de tela que desejo?
  • Para que meu smartphone será usado: assistir vídeos? Usar redes sociais e se conectar à Internet? Trabalhar ? Jogar videogame ?

Essas são realmente as primeiras perguntas obrigatórias a se fazer e só então você pode começar a procurar as marcas e modelos e se interessar por sua ficha técnica. Com relação aos preços dos celulares, podemos dividir em 3 categorias:

  1. Celulares topo de linha – Se você deseja um modelo top de linha ou premium de empresas como Apple, Samsung ou Xiaomi, esteja preparado para pagar alguns milhares de reais. Os telefones dessa faixa geralmente vêm com telas grandes, versões premium e todos os recursos mais avançados – como reconhecimento facial, carregamento rápido, carregamento sem fio e impermeabilização.
  2. Intermediários – Você consegue encontrar telefones extremamente capazes nessa faixa de preço com boas telas, duração da bateria e uma boa variedade de recursos úteis. Dispositivos na categoria intermediária costumam custar menos de 2 mil reais.
  3. Celulares Baratos – Comparar celular no segmento mais barato do mercado de telefonia móvel é mais difícil – há uma variedade de produtos de baixa qualidade nessa faixa de preço que é melhor evitar, mas felizmente existem alguns bons modelos também. Você pode esperar uma qualidade mais baixa do material e designs mais básicos, mas a vida útil da bateria ainda pode ser muito boa e algumas câmeras decentes também.

Iphone ou Android?

Qual é o melhor sistema operacional?

O sistema operacional (SO) é o cérebro do seu celular. Ele molda a aparência da interface, controla quais aplicativos seu aparelho pode executar, além de desempenhar um papel importante na facilidade de uso.

Comparar celular Iphone vs Android

Hoje, a questão da escolha do sistema operacional surge principalmente entre o Android, que equipa a maioria dos smartphones do mercado, e o iOS, sistema reservado para celulares da Apple. Portanto, optamos por focar nossa comparação de celular nesses dois sistemas operacionais.

Celulares Android

Android é o sistema operacional lançado pelo Google em junho de 2007 e utilizado pela maioria dos smartphones no mundo. É conhecido por ser mais livre e aberto do que o iOS. Na verdade, o Google disponibiliza o código-fonte aos fabricantes de smartphones e tablets com tela de toque gratuitamente, permitindo que integrem o Android em seus dispositivos . Os fabricantes podem então adaptar a interface para distinguir seus produtos da concorrência.

Prós
  • Sistema de código aberto que pode ser personalizado com muita facilidade.
  • Maior variedade de dispositivos, marcas, design, tamanho da tela, especificações e recursos.
  • Celulares mais baratos do que os dispositivos da Apple.
  • Milhões de aplicativos grátis para baixar e usar instantaneamente.
Contras
  • Menos otimizados resultando em um desempenho da bateria inferior.
  • Menos privacidade e muitos anúncios incômodos
  • Vulnerabilidade e menos controle sobre o que os aplicativos fazem.
  • A interface não é a mesma em todos os telefones.

Celulares Iphone

iOS é o sistema operacional desenvolvido pela Apple para o iPhone, iPod touch e iPad. Ela existe desde o lançamento do primeiro modelo de iPhone comercializado em junho de 2007. É controlada exclusivamente pela Apple e, portanto, só está presente nos produtos da marca. Isso ajuda a garantir a compatibilidade ideal de aplicativos e componentes.

Prós
  • Mais controle sobre sua privacidade com menos anúncios incômodos.
  • Assistência técnica de boa qualidade em quase todo o país.
  • Maior facilidade de uso com excelente interface de usuário.
  • iPhones mais antigos continuam a receber atualizações de segurança por muitos anos após seu lançamento.
Contras
  • Personalização limitada, sem possibilidade fazer alterações no sistema operacional.
  • A maioria dos aplicativos é pago, pois o iOS não é código aberto.
  • Sem suporte para armazenamento externo com cartões SD.
  • Menos controle sobre o dispositivo por restrições impostas pela Apple.

Comparar Celular: Tela

Qual tamanho da tela? LCD ou OLED? HD ou 4K?

A tela é uma das coisas mais importantes a se considerar na hora de comparar celular, pois você vai passar horas todos os dias olhando para ela. E para escolher bem, não se trata apenas de verificar a quantidade de pixels.

Comparar celular tamanho da tela

Certifique-se de comprar um que seja brilhante o suficiente para ver ao ar livre e nítido o suficiente para que o texto não pareça borrado enquanto você navega na web.

Qual tamanho da tela devo comprar?

As telas de celular podem ser divididas em 3 tamanhos:

  • Tela Pequena (5 polegadas ou menor) – O principal motivo para comprar um smartphone de tela pequena é seu design compacto. Você não terá que esticar o polegar para alcançar nada e o telefone caberá facilmente no bolso. Telefones pequenos, como o iPhone 8 de 4,7 polegadas e o Google Pixel 2 de 5 polegadas, são compactos e poderosos.
  • Tela Média (5 a 5,5 polegadas) – Telefones com esse tamanho são bons para pessoas que desejam um bom equilíbrio entre um design que caiba no bolso e uma experiência de entretenimento envolvente. O LG X power de 5,3 polegadas é um bom exemplo por causa de sua bateria de longa duração e preço de barganha, assim como o envelhecido, mas ainda sólido, Samsung Galaxy S7 (5,1 polegadas).
  • Tela Grande / Phablet (5,5 polegadas ou maior) – Smartphones com telas de 5,5 polegadas ou maiores, como o iPhone 8 Plus de 5,5 polegadas e o Galaxy S8 Plus de 6,2 polegadas, são chamados de phablets porque são quase do tamanho de um tablet. Esses telefones são ótimos para assistir vídeos, ler e-books e executar dois aplicativos lado a lado.

Tela LCD ou Tela OLED

O recurso de tela mais importante é a tecnologia de painel utilizada. São duas as principais:

  • LCD – significa Tela de Cristal Líquido, e seu nome se refere ao conjunto de cristais líquidos iluminados por uma luz de fundo, e seu custo relativamente baixo o torna o mais utilizado no mercado. Tendem a ter um desempenho muito bom sob luz solar direta, já que toda a tela é iluminada por trás, mas sofre de uma representação de cores potencialmente menos precisa. Uma das grandes vantagens desta tecnologia é não sofrer o efeito burn-in ou queima de tela.
  • OLED – é a abreviatura de Diodo Emissor de Luz Orgânico e, ao contrário dos painéis LCD, que são retroiluminados, as telas OLED estão ‘sempre desligadas’, a menos que os pixels individuais sejam eletrificados. Por isso, OLED têm pretos muito mais puros, as taxas de contraste são mais altas e consomem menos energia quando cores mais escuras são exibidas na tela. Também possuem uma taxa de atualização (refresh rate) muito rápida, embora não seja tão visível sob a luz direta do sol quanto os LCDs retroiluminados. A queima da tela e a degradação do diodo (porque são orgânicos) são fatores negativos a serem considerados. Do lado positivo, as telas AMOLED podem ser mais finas do que os LCDs (porque não requerem uma camada retroiluminada) e também podem ser flexíveis.

Definição e Resolução

A definição de uma tela é uma parte importante (o famoso HD, Full HD, QHD ou 4K), mas não é tudo. A definição é absoluta e não leva em conta o tamanho da tela, então, o mais importante quando falamos sobre o número de pixels exibidos é a resolução, ou densidade de pixels

Incluído nesta categoria de ‘resolução’ está o tamanho da tela (em polegadas), o número de pixels (quanta informação ela pode mostrar) e a densidade desses pixels são compactados, conhecido como Pixels por polegada (ppi).

Comparar celulares com, pelo menos, 350 pixels por polegada é um bom passo para se ter uma tela confortável para ler.

Câmera

O critério mais importante para muitos usuários.

A câmera, ou melhor, as câmeras integradas em nossos aparelhos, tornaram-se o critério número 1 para muitos usuários. É também um dos critérios mais complexos da atualidade na hora de comparar celular, visto que o mercado oferece inúmeras opções.

Hoje, a maioria dos smartphones oferece pelo menos duas câmeras na parte traseira. Este é um desenvolvimento interessante em mais de um aspecto, mas os fabricantes adotaram estratégias diferentes. Na verdade, existem vários tipos de câmeras que podem ser combinadas na parte de trás de um telefone:

  • Grande Angular: geralmente é a câmera principal usada pelo smartphone. Permite capturar uma cena inteira sem a necessidade de aumentar ou diminuir o zoom.
  • Ultra-Grande Angular: permite capturar uma cena ainda maior, o que a torna ideal para paisagens, mas também para obter mais informações quando combinado com os outros sensores.
  • Teleobjetiva ou Zoom de Periscópio: permite o zoom sem perder a qualidade da foto, ao contrário do zoom digital que consiste em simplesmente esticar um pedaço da imagem.
  • Lente Macro: permite fotografar melhor a apenas alguns centímetros da câmera. Isso é particularmente útil para capturar detalhes ou objetos muito pequenos.
  • Sensor de Profundidade ou Modo Retrato: são frequentemente usados para fotos no modo retrato para separar o primeiro plano do plano de fundo, com o sensor capturando informações para garantir que o fotografado esteja em foco e o fundo esteja agradavelmente fora de foco.
  • Monocromática: usada para tirar fotos em preto e branco reais, ao contrário de uma foto colorida transformada em preto e branco por meio de um filtro. Pouco utilizada em aparelhos de celular atualmente.

Megapixels

Pixel é o nome dado aos pequenos pontos coloridos que constituem as imagens. Um milhão de pixels equivalem a um megapixel. Quanto maior for a fotografia ou tela em que você colocar a imagem, mais pixels ela precisará conter para permanecer nítida. Quando você vê uma fotografia que parece granulada, provavelmente ela não tem pixels suficientes compondo a imagem.

Ao comparar celular, se o dispositivo tiver mais de 3,2 megapixels, ele terá uma câmera razoavelmente boa. Vá até 4 ou 5 megapixels e você poderá imprimir fotos padrão detalhadas. Para uma foto de tamanho A4, por exemplo, você precisaria de 9 megapixels. Já enviar suas fotos para sites de mídia social como o Instagram, a foto nunca precisará de mais de 3 megapixels.

Sensor

Considerada a peça mais importante do equipamento, é responsável por levar a luz que entra na câmera através da lente e produzir uma imagem digital a partir dela. Alguns dos tipos mais usados em dispositivos móveis são CMOS, BSI, ISOCELL, etc.

Tamanho do Sensor

O tamanho do sensor é importante porque quanto maior o sensor, mais luz ele pode potencialmente receber. Quanto mais luz, melhor será a qualidade da imagem.

É comumente expresso em polegadas (“) ou frações de polegada e quanto mais próximo de uma polegada cheia (1 ”), maior será o sensor. Até o momento, nenhuma câmera de celular possui um sensor maior que 1 ”. Com 1 / 1,33 ”, o sensor da câmera principal do Samsung Galaxy S20 Ultra é um dos maiores no mercado hoje.

Tamanho do Pixel

Medidos em mícrons (μm), podem variar de 0.7µm até 3µm. Câmeras com pixels maiores capturam mais luz e podem produzir melhores fotos durante a noite. Por outro lado, pixels menores permitem aumentar a resolução.

Por exemplo, um sensor de 1/2 polegada com 12 milhões de pixels (12 MP) tem pixels maiores do que o mesmo sensor com 20 milhões de pixels (20 MP) dentro dele. Neste caso, o sensor de 12 MP pode superar o de 20 MP com pouca luz. No entanto, a câmera de 20MP terá mais resolução.

Foco Automático

O foco automático permite que a câmera foque corretamente no objeto que você está fotografando e é a chave para evitar fotos borradas. Assim, mesmo que sua câmera esteja lotada até a borda com megapixels, sem o foco automático as fotos não ficarão boas.

Abertura da Lente

Medida em f-stop, indica o tamanho da abertura do diafragma da lente que controla a quantidade de luz que chega ao sensor de imagem. Quanto menor o número de f-stops, maior a abertura do diafragma, portanto, mais luz chega ao sensor, resultando em melhores imagens com pouca luz. Normalmente, o número f-stop especificado é aquele que corresponde à abertura máxima possível do diafragma.

Estabilização de Imagem

Permite a uma câmera em movimento reduzir a trepidação para evitar o desfoque ao movimento da câmera enquanto uma foto está sendo tirada. A estabilização da imagem pode ser obtida mecanicamente (OIS), digitalmente (EIS) ou por meio de uma combinação de ambos (AIS):

  • Estabilização ótica – neutraliza o movimento leve e vibração da câmera movendo o sensor de imagem ou as lentes usando um giroscópio. Este contra-movimento ajuda a reduzir a quantidade de desfoque em suas fotos causado pelo manuseio instável.
  • Estabilização eletrônica – é um efeito de pós-processamento dependente de software do que uma função mecânica. E devido à forma como funciona digitalmente, é mais adequado para estabilizar vídeo.

Zoom

Por muito tempo, as câmeras dos celulares só conseguiam aumentar o zoom digitalmente. O problema é que o zoom digital degrada a qualidade da imagem quanto mais você amplia.

A pixelização se torna um problema porque, com o zoom digital, a câmera basicamente corta a imagem e depois a expande digitalmente para caber no quadro.

Em um esforço para melhorar a qualidade da imagem ao aumentar o zoom com uma câmera móvel, as empresas de smartphones adicionaram o zoom óptico a suas câmeras ao introduzir telefones com múltiplas câmeras.

O zoom óptico é muito melhor do que o zoom digital porque usa a lente para fazer zoom, preservando a qualidade da imagem. Infelizmente, telefones com apenas uma câmera não podem aplicar zoom óptico.

O zoom digital é na verdade uma das razões pelas quais alguns fabricantes de smartphones embalam suas câmeras com muitos megapixels. Quanto mais megapixels uma câmera tem, mais a imagem pode ser expandida digitalmente sem se preocupar com a pixelização. No entanto, a qualidade da imagem ainda se deteriorará.

HDR

Permite tirar fotos que tenham um ótimo equilíbrio entre as áreas escuras e as mais claras. Dessa forma, a imagem resultante não ficará superexposta nem subexposta. Quando o HDR está ativado, a câmera tira várias fotos em diferentes níveis de exposição. Então, com a tecnologia de software, as fotos são combinadas na foto composta final com realces e sombras equilibrados.

Flash

Existem diferentes tipos de flash encontrados em câmeras de celular, sendo o mais popular o LED. Eles são eficientes em termos de energia e podem fornecer iluminação contínua.

As especificações da câmera do smartphone geralmente mencionam quantos LEDs um flash possui. Pode ser um único LED, dois LEDs ou mesmo quádruplos, como é o caso do Apple iPhone 11.

Outro tipo de flash é o flash Xenon. Poucos telefones usam esse tipo de flash atualmente porque, embora seja uma forma superior de flash, é bastante caro, consome energia e não oferece iluminação contínua.

Processador do Smartphone

CPU (Núcleo de Processamento central)

O processador é a unidade de processamento central responsável pelo desempenho do seu smartphone. A experiência de tudo o que você faz no telefone, desde abrir aplicativos, navegar na internet, jogar, ver filmes, depende dele. Quanto melhor for o processador, mais suave e sem atrasos será a experiência com essas tarefas.

Um bom processador deve se traduzir em tempos de abertura mais rápidos para aplicativos, edição de fotos mais rápidas e é peça fundamental em um celular para jogos. O desempenho de um processador depende principalmente de duas especificações:

  • Núcleo (core) – é um elemento do processador que implementa e executa tarefas e que, em geral, quanto maior o número, mais aplicativos pesados podem ser executados simultaneamente. As gerações atuais de smartphones vêm em uma variedade de processadores multi-core sendo os mais comumente encontrados: dual-core (dois), quad-core (quatro) e octa-core (oito).
  • Velocidades de clock – são mencionadas em Gigahertz (GHz) e geralmente se referem às velocidades em que cada um dos núcleos pode executar tarefas. Você pode encontrar vários números de GHz para processadores multi-core, mesmo em algumas variantes de ponta. Isso porque a maioria dos fabricantes tenta criar um equilíbrio entre potência e eficiência.

Ao escolher um processador, certifique-se não apenas de olhar para o número de núcleos, mas também de comparar as velocidades de clock para ter uma ideia melhor.

Comparar Celular: Bateria

Autonomia e carregamento rápido

Ao comparar celular, uma das coisas mais importantes é encontrar um aparelho cuja bateria dure o dia inteiro sem precisar carregar.

Ter como base apenas na capacidade da bateria, expressa em mAh, por si só não é suficiente para se avaliar a autonomia do aparelho: o tamanho da tela, potência do processador, sistema operacional ou as otimizações de software do fabricante determinam quanto tempo a bateria pode durar sem ter de recarregar.

Sendo tudo igual, um telefone com maior capacidade de bateria durará mais do que um menor, então procure uma bateria com pelo menos 3.000 mAh se quiser a melhor chance de autonomia da bateria. Já em termos de composição química, existem apenas dois tipos de bateria usadas nos celulares modernos:

  • Lithium Polymer (Li-Poly) – é a tecnologia mais recente e avançada e se destacam por serem ultraleves, menores e flexíveis no formato de sua construção, além de terem menos chance de sofrer vazamento. Na parte negativa são mais caras de fabricar, não têm a mesma densidade de energia (quantidade de energia que pode ser armazenada) nem vida útil de um íon de lítio.
  • Lithium Ion (Li-Ion) – a tecnologia mais antiga e popular. As vantagens de um íon de lítio são sua alta densidade de potência, falta do que é chamado de efeito memória (quando as baterias se tornam mais difíceis de carregar com o tempo) e seu custo significativamente mais baixo.

Carregamento Rápido

Outro ponto a se levar em consideração é a velocidade de carregamento do smartphone. Essa velocidade depende da compatibilidade do smartphone com os padrões de carregamento rápido, mas também da potência do carregador fornecido com o smartphone. Um carregador de 10 a 15 W, por exemplo, é o mínimo para oferecer carregamento rápido.

Bateria removível

Baterias removíveis caíram em desuso com a maioria dos fabricantes de smartphones, especialmente com mais usuários exigindo resistência à água. Mas existem alguns benefícios nesse tipo de design. Assim que a bateria existente parar de manter a carga pelo tempo que fazia quando era nova, você pode simplesmente trocar por uma nova sem ter que pagar por um serviço de substituição ou um novo telefone.

Carregamento sem fio

Com a Apple finalmente adotando o carregamento sem fio com o iPhone 8, iPhone 8 Plus e iPhone X, muito mais atenção está sendo dada ao recurso na hora de comparar celular na nossa ferramenta online de comparação. A ideia é colocar seu dispositivo em um tapete de carregamento sem fio compatível.

Armazenamento e Memória

Quanto de armazenamento você precisa?

O armazenamento interno do smartphone está se tornando um pouco menos importante com a disseminação de serviços de backup de fotos online, música e streaming de vídeo que ocupam menos do precioso GB de seu smartphone.

Sabemos que os telefones têm dois tipos de memória:

  1. ROM (Read Only Memory) – cuida do armazenamento de todos os arquivos no celular.
  2. RAM (Random Access Memory) – junto com o processador determina a facilidade de operação e a velocidade do telefone.

Ao comparar celular, sempre procure o maior número de memória RAM. Resumindo, quanto mais RAM você tem, mais aplicativos você pode iniciar ao mesmo tempo e deixar o resto em segundo plano, aguardando seu relançamento. Em outras palavras – um grande número de memória RAM significa grande eficácia em multitarefa.

Assim como um computador, seu smartphone vem com armazenamento integrado para todos os seus aplicativos, fotos, vídeos, músicas, filmes e programas de TV.

Ele pode variar de míseros 4 GB (gigabytes) até o modelo top do iPhone 7 com 256 GB. Para um usuário exigente, 3 a 4 GB de RAM e 64 GB de ROM podem servir ao propósito.

Não compre um celular Android com menos de 3 GB de RAM, que é o mínimo para rodar corretamente tanto o sistema operacinal quanto os aplicativos. Abaixo deste limite, a experiência será muito degradada.

A partir de 6 GB, o uso se torna confortável e garante que não haverá problemas em manter um grande número de aplicativos em segundo plano, se as otimizações do fabricante não os cortarem desnecessariamente.

Note que este critério não é muito importante na Apple, que geralmente garante o bom funcionamento de seus smartphones e nem especifica a capacidade de RAM do iPhone.

Comparar Celular: Marcas

Apple, Samsung, LG, Motorola. Qual marca escolher?

Nesta seção, apresentamos as principais marcas de telefones celulares listadas a seguir. Se puder, pesquise um pouco sobre a empresa que fabrica o smartphone. Apple, Samsung, LG e muitos outros nomes conhecidos são apostas seguras.

Apple: a pioneira do smartphone

Celulares Iphone sem dúvida revolucionaram o mercado de telefonia móvel com o lançamento de seu primeiro iPhone em janeiro de 2007. É um dos primeiros aparelhos a combinar desempenho, multifuncionalidade e design elegante com tela sensível ao toque com bordas arredondadas.

Em termos de funcionalidade, o iPhone permite fazer chamadas, navegar na Internet e ouvir música. Outras funções foram adicionadas ao longo das novas versões, para estar sempre um passo à frente da concorrência : câmera, GPS, reconhecimento de voz, sensor de impressão digital.

As vantagens da marca Apple:

  • Um design refinado
  • Uma navegação rápida
  • Uma interface intuitiva
  • Um excelente sistema de segurança

Samsung: a marca mais vendida

Celulares Samsung são fabricados pela empresa coreana que existe desde 1938. É uma marca particularmente diversa que oferece monitores portáteis, televisores, câmeras, impressoras e muitos outros produtos eletrônicos e de informática.

Há muito conhecida pela variedade de sua gama com modelos projetados de acordo com a necessidade de cada usuário (por exemplo, Galaxy Note para fãs de smartphones com tela grande com caneta), a Samsung decidiu simplificar sua gama que hoje se concentra no Galaxy J, Galaxy A e Galaxy S para o topo de linha.

As vantagens da marca Samsung:

  • Variedade de modelos e preços
  • A qualidade das telas
  • Um lindo design

LG: o especialista em eletrônicos

Celulares LG são desenvolvidos pela marca coreana fundada em 1958 que comercializa eletrodomésticos, televisores , aparelhos de ar condicionado e dispositivos móveis. Sua experiência em vários produtos permitiu-lhe adquirir uma boa reputação no setor de eletrônicos.

Famosa pela confiabilidade de seus produtos, a LG oferece uma ampla variedade de telefones celulares com uma ampla gama de preços. Alguns de seus aparelhos são os mais buscados no comparador de celular.

As vantagens da marca LG:

  • Uma boa relação preço-desempenho
  • Telas de qualidade
  • Experiência em vários produtos

Xiaomi: o barato de ponta

Celulares Xiaomi são fabricados pela empresa chinesa do ramo da tecnologia e manufatura de produtos eletrônicos com sede em Pequim fundada em 2010. Segundo revistas especializadas, atualmente a Xiaomi já é a 5.ª maior fabricante de Smartphones do mundo, com uma fatia de 10% do mercado global.

A empresa concorre com as maiores marcas graças aos seus preços particularmente atrativos , à facilidade de utilização e à potência dos seus produtos.

As vantagens da marca Xiaomi:

  • Desempenho do produto
  • O preço acessível
  • Durabilidade dos dispositivos

Sony: a profissional de multimídia

A empresa japonesa fabricante dos celulares Sony fundada em 1946 é um fabricante global de produtos de áudio e vídeo, computador e comunicações. É a única marca a competir com a Apple no mercado de smartphones compactos de última geração com o Xperia X Compact.

Ao comparar celular de diversas marcas, você irá notar que o fabricante também se diferencia de seus concorrentes por oferecer aparelhos com um design único e especialmente adequados para o uso de multimídia. A Sony também garante um bom monitoramento das atualizações do Android.

As vantagens da marca Sony:

  • Dispositivos móveis dotados de multimídia
  • Um design muito trabalhado
  • Os recursos de música otimizados

HTC: smartphones com visual premium

HTC é uma empresa taiwanesa criada em 1997 e dedicada à comercialização de produtos de alta tecnologia. No mercado de smartphones, foi o primeiro fabricante a desenvolver um telefone usando o sistema operacional Android em 2008: o HTC Dream ou HTC G1.

Como a Samsung e a Apple, a marca se tornou uma referência para celulares de última geração . Agora concentra os seus esforços nos seus produtos carro-chefe, em particular os da gama “One”, os mais conhecidos, e os da gama “Desire”, que oferecem uma boa relação custo benefício.

As vantagens da marca HTC:

  • Muito boa qualidade de áudio
  • Um design muito elegante
  • Boa relação custo benefício.

Se você deseja encontrar o celular perfeito, você geralmente não deve procurar o mais caro, mas se concentrar nas especificações técnicas mais importantes para seu uso diário. Então, e somente então, você poderá comparar celular e encontrar o aparelho ideal para você.